sábado, 13 de setembro de 2008

Bombou!

Não comentaremos o que foi essa festa!! Deixaremos que a própria galera se pronuncie acerca do que foi o primeiro Assustado do Cazzo.







9 comentários:

Anônimo disse...

Gente, muito obrigado por terem me deixado animar a festa do Cazzo. Foi demais. Beijos, Joelma.

Anônimo disse...

Achei uma sacanagem não me terem deixado entrar. Fafá de Belém.

Le Cazzo disse...

Ah, e o merchandising do Mercadinho Pan Juli foi inevitável. Precisávamos financiar os enormes custos da festa. Jonatas

Lena disse...

Reparem no horário da postagem! Jonatas tentou terminar a festa antes da horas, só que ela continuou. Só que aí não tinha mais o paparazzo.

Presenças ilustres, com destaque pra Joelma, claro!

Gláucia disse...

Que droga, Cynthia!
Eu nem pude ir. Mas bombou geral, né? Beijos

Cynthia disse...

A participação de Joelma foi fundamental. Desde ontem estou tentando aprender aquela técnica de jogar os cabelos para frente para ver se o cérebro pega no tranco. Até agora, só consegui sentir um certo enjôo, mas um dia eu chego lá!

Gláucia, sua ausência foi tão sentida quanto a de Remo. Tivemos que controlar as massas para não rolar uma rebelião.

verí disse...

quem foi, foi; quem não foi não vai mais!!! isso é que é um acontecimento incomensurável e inesquecível, inexorável e inoxidável. fiquei sabendo inclusive q nós atrapalhamos os flashes do casamento da sandy!

asadebaratatorta disse...

Sinto que perdi uma das maiores reuniões da comunidade brega da UFPE de todos os tempos. =X Até pai de santo esteve presente! Pai Geová de Iansã.
Cynthia, uma dica: medite ao som de "cavalo manco". Sinta a natureza do cavalo manco e corporifique-a. Depois disso, é só encarar uma noitada depois de um bom(?) jantar lá no Mustang, da conde da boa vista.

Eveline disse...

Ahhhh, se bombou!?!?! A festa do Cazzo bombou nos quatro cantos do recife, nas mais diversas tribos urbanas e olhe, houve brinde até às 7 da manhã! rsrsr =]