sábado, 13 de setembro de 2008

A piada mais engraçada do mundo ou: como assassinar uma piada



O Laboratório do Riso foi um projeto criado pelo psicólogo inglês Richard Wiseman, da Universidade de Hertfordshire, e financiado pela Associação Britânica para o Progresso da Ciência. O projeto, ligado à psicologia do humor, visava compreender a influência de elementos como gênero, raça, idade e nacionalidade no senso de humor. Talvez, e isto é mera especulação, ele tenha se entusiasmado um pouco demais e abandonado a contingência que caracteriza o humor e foi em busca da universalidade. Durante um ano, entre setembro de 2001 e setembro de 2002, Weiseman e seus colaboradores embarcaram em uma empreitada que supostamente os levaria a descobrir a piada mais engraçada do mundo.

Não fosse a idéia ultra-positivista que embasa tais projetos universais, talvez o professor Wiseman tivesse tido alguma chance de encontrar algo além de uma piada média relativa ao gosto médio, ou seja, algo que não agrada ninguém em particular. A metodologia usada foi a seguinte: eles construíram um website dividido em duas seções. Na primeira, as pessoas submetiam suas piadas favoritas. Por razões insondáveis para uma pesquisa deste tipo, Wiseman excluiu de sua análise as piadas consideradas ofensivas. Estranho, já que são justamente as piadas ofensivas que poderiam trazer os melhores insights sobre os mecanismos psico-sociais do humor e do riso. Na segunda seção, as pessoas respondiam algumas questões sobre elas próprias (gênero, idade, nacionalidade) e atribuíam um escore a uma série de piadas disponibilizadas no site com base em uma tabela do riso construída por ele próprio.

Os resultados relativos a nacionalidade podem ser encontrados no site e, diante da engenhosidade da análise, nem procurei por aquelas relativas a gênero e idade.

Mas hilária mesmo é a crítica ao trabalho de Wiseman efetuada pelo comediante Lewis Black em um documentário feito para o History Channel. Consegui um fragmento no youtube, justamente o que descreve o resultado obtido pelo Laboratório do Riso. E para quem não conseguir captar a piada, primorosamente contada pelo professor Wiseman, aí vai a tradução:

Dois caçadores estão em uma mata, quando um deles cai no chão. Ele não parece respirar e seus olhos estão vidrados. O outro caçador pega seu celular e chama o serviço de emergência, apavorado: “meu amigo está morto! O que eu posso fazer?”. O telefonista diz “acalme-se, eu posso ajudar. Primeiro, vamos ter certeza de que ele está mesmo morto”. Segue-se um silêncio e, depois, um tiro é ouvido. De volta ao telefone, o cara diz “OK, e agora”?

Cynthia Hamlin

9 comentários:

Sérgio Coutinho disse...

Cynthia,

Outro vídeo no Youtube sobre "a piada mais engraçada do mundo. Dessa vez, segundo o Monty Python.

http://br.youtube.com/watch?v=AZgQinsClLQ

Abraço,

Sérgio

Le Cazzo disse...

Ah, eu vi essa, Sérgio! E eles também tem algo sobre a história da piada, começando no século XIV, mas não sei exatamente onde está.

Grande abraço,
Cynthia

Diego Viana disse...

Droga, o Sérgio foi mais rápido que eu. Ia dizer que esse professor chegou tarde demais, que outros ingleses já tinham descoberto a piada mais engraçada do mundo... fica pra próxima.

Lena disse...

E a piada mais engraçada do vídeo é a apresentação do Lewis Black falando do pesquisador: "grande surpresa: ele é britânico. Minha nossa!" Rsrsrsrsrs

Lena disse...

Ok, eu tive que voltar só pra dizer que Monty Python é o máximo x D

Pedro disse...

O video do monty python é realmente ótimo!

Cynthia disse...

É, Monty Python é muito legal.

Bruno de Souza disse...

um vídeo que "mata" alguns de tanto rir e outros nem entendem...

http://br.youtube.com/watch?v=ur5fGSBsfq8&feature=related

Cynthia disse...

É verdade, Bruno. Esse vídeo pressupõe algum conhecimento sobre os filósofos em questão. Não tem a menor graça para quem não sabe quais as principais posições defendidas por eles.