sexta-feira, 2 de julho de 2010

E a culpa vocês sabem de quem é...

13 comentários:

Le Cazzo disse...

He can get no stisfaction, bur he tries and he tries....

Tâmara disse...

Jonatas,
A sua é uma abordagem cla'ssica: o pé-frio! Quem pode mais do que isso?
E eu que ja' estava gostando do ar sinistro da seleção de Dunga...Contra o Chile, tive a impressão de que via pintinhos procurando a mãe contra predadores esfomeados. Pois a insi'pida Holanda revelou que os pintos eram auri-verde...Melhor assim: gosto mais de pintos do que de predadores.
Por quem torcer agora? Argentina, não consigo; Uruguai, por solidariedade continental, tudo bem, mas...e a derrota de 50? Ta' russo! Abraço

Le Cazzo disse...

E aí ele canta pra Jonatas: Ti-i-i-ime is on my side...

Cynthia

Le Cazzo disse...

Advinhem quem eu vi no jogo Alemanha e Argentina? Mick Jaegger. E ele estava cantando tango, bem baixinho. "Por una cabeza de un nobre potrillo/ que justo en la raya afloja al llegar". Esse cidadão deveria ser banido dos estádios de futebol. Jonatas

Tâmara disse...

Jonatas,
Um dia você vai ter que admitir que as feras da América do Sul não suportaram os decadentes Europeus. E' triste, eu sei não menos do que você, mas é isso. E se é verdade que Mick Jagger é pé frio, meu amigo, pelo menos ele faz lembrar belas canções. O que o time de Dunga e o de Maradona podem inspirar? Francamente, eu não os perdoarei jamais: deixaram-me rendida diante de uma Europa feia, empobrecida e ressentida, ou seja, triste e perigosa. Abraço

Raíza disse...

Eu soube pela boca pequena que ele agora vai torcer pelo nautico!!! rsrsrsrsrsrs

Le Cazzo disse...

Raíza,

Ser torcedor do náutico é um treino para torcer pela seleção de Dunga.

E, Tâmara, fazer canções bonitinhas não é desculpa para ser pé frio. Esse cara deve ser banido de todos os esportes! Tenho certeza que nosso desastre latino (o Uruguai exceto, mas como dizia Groucho Marx: "You go Uruguay and I'll go mine") nada tem a ver com ressentimento, subdesenvolvimento e que tais. Foi o tal do Michael Jaegger. Jonatas

Le Cazzo disse...

Ah! E assisti ao "Whatever happens" de Woody Allen (não pude evitar, quando eu vi estava lá vendo Mr Allen repetindo pela enésima vez a triste estória de ser judeu depressivo). Mas me diverti muito, dessa vez. Recomendo. Jonatas

Tâmara disse...

Jonatas,
Subdesenvolvimento, sub-emprego e outros trabalhos preca'rios! Mas se você garante que o culpado de tudo é Michael Jaegger, não vou mais duvidar de sua competência na matéria. Por outro lado, é preciso considerar a dimensão de sofrimento de um pobre pé frio: perder é ruim demais e ele perde toda vez! Criatura sofrida que além do mais é estigmatizada por torcedores insensi'veis. Jaegger precisa de todo nosso apoio. Seria recomenda'vel entretanto, no interesse de sua pro'pria cura, que ele restringisse sua paixão futeboli'stica aos su'ditos da rainha. Os ingleses merecem um torcedor desse calibre. Abraço

Cynthia disse...

Depois que vi Mick Jagger rebolando ao som de Honky Tonk Women no estádio de Wembley (foi mal, gente...) ele pode levar o pé frio dele pra onde quiser. Especialmente se for pra cantar um tango nos jogos da Argentina.

izabella medeiros disse...

Rai, Jonatas e tds, antes de vocês, eu já conhecia o Ice Jagger, pois ele decidiu eleger como seu primeiro time, há alguns poucos anos, o meu Santinha. Olha o que foi que deu...

Raíza disse...

ahahahahahahahahahaha... o futuro do Náutico será triste, então. Vai fazer companhia pro Santinha lá na quarta série... eu sinto por você, Jonatas.

Le Cazzo disse...

E a musa paraguaia cumpriu a promessa: desnudou-se. Menor sorte tiveram os argentinos que perderam a oportunidade de contemplar a beleza madura de Maradona em frente ao obelisco de Buenos Aires, como ele havia prometido caso conquistassem o campeonato. Jonatas